Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1SimplesDesconhecido

Sou mais uma pessoa que decidiu criar um blog, entre milhares, o que me leva a acreditar que provavelmente ninguém vai ter interesse em ver mais um... mas mesmo assim, decidi experimentar! ;)

04
Ago17

Entrevista à Avó! - 2º Parte

Como parece que gostaram da minha Vó! :))

Deixo-vos com a 2º parte da entrevista! Se ainda não viram a 1º parte, tomem lá, http://1simplesdesconhecido.blogs.sapo.pt/entrevista-a-avo-5250

 

Divirtam-se!!

Depois de um momento a rir, voltamos

 

Sara – Aleijaram-na?

Avó – Não! Não me fizeram assalto nenhum!!

Sara – Mas então a senhora estava a dizer que tinha sido assaltada, que lhe roubaram muitas coisas, que lhe tinham magoado um braço, a mão…  quer dizer, a senhora só quer é aparecer na televisão, neste caso na rádio!

Avó – Pois!

Sara – Ah, e a Senhora Tenho sono… diga-me porque é que lhe deram este nome?

Avó – Porque tenho sono… tenho cansaço, não é sono, só estou bem na cama, quentinha, estendidinha, os pézinhos quentes… e é assim como é!

Sara – Mas então, tinha que ser senhora tenho cansaço!

Avó – (Avó a rir-se)

Sara – Não acha que o nome foi um bocado mal escolhido!?

Avó – Pois foi!

Depois de outro momento a rir, voltamos!

 

Sara – Então a tosse, já lhe passou!?

Avó – Ai a tosse, ainda tenho azeite no "canal!" (avó a rir-se)

Sara – Diga-me qual é a sua comida preferida?

Avó – A minha comida preferida, é qualquer coisa!

Sara – Qualquer coisa como?... feijoada!?

Avó – Não, feijoada é muito forte e põe-me o estômago um bocado… os feijões… não gosto!

Sara – Sofre de gases!?

Avó – Ai sofro, antes me quero só, porque vou “bufando!" Alto não gosto de ouvir…

Sara – Poupe-nos, poupe-nos! Diga-me mesmo qual é a sua comida preferida!? Frango, peru, vitela!?

Avó – Vitela… bacalhauzinho bem recheadinho…

Sara – Ouvi aqui há uns tempos que você gosta muito de frango, é verdade!?

Avó – É sim! Como de manhã e se for preciso à noite!

Sara – E você come frango ao pequeno-almoço!?

Avó – Ao almoço!

Sara – É que você disse de manhã, logo associamos ao pequeno-almoço!

Avó – Como ao almoço, e às vezes à noite!

Sara – Por exemplo, imagine que você ao almoço, tinha comida batatas cozidas com bacalhau!

Avó – Não, comi massa!

Sara – Não, não, imagine, que tinha comido batatas cozidas com bacalhau, e tinha sobrado. O que é que você fazia à noite, comia o mesmo!?

Avó – Não!

Sara – Então, aproveitava a comida e fazia aquela comida que se come a seguir à passagem de ano!?

Avó – hummm roupa velha!?

Sara – Sim isso!

Avó – hummm roupa velha, não posso comer muito!

Sara – Mas fazia, ou não fazia!?

Avó – Fazia, que o avô gosta!

Sara – E você tem avô!?

Avó – Tendes vós!

Sara – Oh Sra. Tenho sono, mas você tem avô, ou não!?

Avó – Não tenho avô!

Sara – Ah, mas já teve, conheceu algum dos seus avós?

Avó – Conheci…

Sara – E como se chamavam?

Avó – (Depois isto ainda demorou um bocado, ainda fomos aos bisavós, avós paternos, maternos, mortes de uns, mortes de outros…)

Sara – sim, sim, sim…Gostamos muito desta entrevista consigo Sra. Tenho sono. Fica para a próxima o resto!

 

Vitória, vitória, acabou-se a história!

 

A Desconhecida