Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1SimplesDesconhecido

Sou mais uma pessoa que decidiu criar um blog, entre milhares, o que me leva a acreditar que provavelmente ninguém vai ter interesse em ver mais um... mas mesmo assim, decidi experimentar! ;)

20
Set17

Questões?!

Tenho 20 anos. Sou filha única. Vivo com os meus pais, desde sempre. E, desde sempre que eles são o meu porto seguro. O maior tempo que devo ter ficado fora de casa, foram apenas alguns dias.

 

É bom estar fora, é muito bom. Mas é tão bom regressar a casa, às nossas coisas, à nossa cama, ao nosso porto seguro.

 

Vou para a Universidade. Fico lá a viver? Ou vou e venho todos os dias? Os meus pais deixam-me decidir. O que for melhor para mim. Apesar de o meu pai já ter dito, "se ficares lá, peço no trabalho para me darem a rota de Viana do Castelo." (Nota-se muito que sou a menina do papá?! ❤)

 

Se ficar, não me vejo a viver nos dormitórios. Muita gente. Muito barulho. Para uma pessoa como eu, que está habituada ao seu sossego, não dá... E se for uma casa?! É preciso procurar. E as despesas todas?! É preciso procurar também alguém com quem as dividir. E quem?! Vou morar com alguém que não conheço?! E se for um psicopata?! 

 

Por isso, acho que, tomei a decisão, o primeiro ano vai ser o ano das experiências. Deixem-me fazer amizades. Deixem-me ver o que isto dá. Deixem-me ver o que é, como é... Vou até Viana, mas volto a Braga, todos os dias, para o meu porto seguro. O horário da universidade não é nada mau. As despesas para ir e vir de camioneta também ficam em conta. Não há mais despesas, apenas as das propinas, por isso, porque não voltar todos os dias?!

 

Poder voltar a casa, aos papás, aos meus miúdos, aos meus amigos, à minha família, às nossas aventuras e ainda por cima, tendo a possibilidade de o fazer!!! Oh vida independente e académica, aqui a Desconhecida ainda fica mais uns tempinhos no porto seguro, ainda é uma menininha de 20 aninhos... 

 

P.S - Os primeiros dois dias correram bem, não me perdi, não perdi as camionetas, já fiz colegas, achei tudo muito calmo, lá na escola, na cidade... Os professores até agora têm sido simpáticos e atenciosos. Por isso, aqui a menininha está a entrar na onda... 

 

A Desconhecida

65 comentários

Comentar post

Pág. 1/3