Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1SimplesDesconhecido

28
Fev18

Atualizando... #9

O concerto!

IMG-20180127-WA0000.jpg

 

 

No dia 27 de janeiro, a Vó foi operada. Houveram uns sustos no inicio, mas agora está a recuperar bem.

Mas foi também por isto, que escrevi este post. Muitos dos filhos, não quiseram saber...

 

 

No Domingo, houve cozido. E, a seguir, caminhada. Para desgastar.

IMG_20180221_175410.png

 

 

Segunda, começou com nova caminhada. Com as minhas amigas! 

IMG_20180221_180140.jpg

 

 

Um por do sol, é sempre tão bom!

IMG_20180130_182124.jpg

 

 

Há pais que compram um chocolate para mimar os filhos. Os meus pais, compram-me papaia...

IMG_20180131_184321.jpg

 

 

Em preparações para o Carnaval...

IMG_20180221_181032.jpg

 

 

Fevereiro, e o meu novo pijama!

IMG_20180202_203054.jpg

 

 

Um Domingo em Família! A divertir-me com os miúdos no parque!

Olhem as minhas teenagers!!!

IMG_20180221_181550.jpg

 

 

 Nova semana.

Tive direito a bolsa de estudo, por isso, segunda feira foi passada a tratar de papeladas, e projetos...

 

 

Terça feira, uma ida de rotina ao dentista. Tudo check!

Depois, umas compritas,e, seguidamente, um lanche no café!

IMG_20180206_164316.jpg

 

 

Quarta feira, o novo horário da universidade. Preparando 2º semestre...

 

 

Quinta feira, o dia passado na cidade, em compras para o Carnaval da Associação... 

E um jantarzinho na avó, com a família!

IMG_20180221_190534.jpg

 

 

Sexta e sábado, dia de limpezas e arrumações.

Preparar o Carnaval! 

E.

Preparar o Regresso às Aulas.

Organizar o material da universidade.

Tudo pronto para o 2º semestre.

 

 

Domingo de jogos com os miúdos. E as pinturas da Inês.

IMG_20180220_164537.jpg

 

 

Segunda feira, a noitada de Carnaval!

IMG_20180212_175602.jpg

 

 

Terça feira, um almoço de família, e uma tarde de descanso.

 

 

Quarta feira, dia 14 de Fevereiro, o regresso às aulas!

Começar com novas cadeiras bastante interessantes! 

E no regresso a Braga, o vidro traseiro da camioneta decide partir completamente sozinho... 

Lá tive que esperar por outra camioneta.

IMG_20180221_191848.jpg

 

 

Quinta e sexta feira, conhecer novos professores, e voltar às rotinas.

Os professores já nos puseram a pensar no Dia da Criança, e em novos trabalhos de artes.

A começar com entusiasmo!

 

 

Sábado, 17 de Fevereiro.

O aniversário da Dani.

Uma noitada daquelas que já tinha saudades.

Fomos comemorar os 21 da minha querida, até à discoteca!

E foi tão bom!

 

O bolo foi em casa dela às 21h30, cantamos os parabéns, e ficamos por lá um pouquinho.

Saímos por volta da meia noite e fomos até um bar...

Por volta das 02h chegamos à discoteca, um espaço VIP só para nós, mais uma garrafa de champanhe só para nós.

IMG_20180217_231620.jpg

 

E sentindo-nos tão bem recebidos e acolhidos, só de lá saímos por volta das 06h. 

O que nós dançamos, rimos, tiramos fotos, conversamos, e dançamos e rimos ainda mais!

Que saudades já tinha. Fomos poucos, mas bons, e a noite foi um espetáculo!

 

IMG_20180221_192532.jpg

 

 

No domingo foi basicamente, dormir, dormir e dormir...

Pois na segunda feira tinha que estar fresca para as aulas.

 

 

Na passada semana foi para conhecer novos professores, novas cadeiras, e novos projetos entusiasmantes.

E com o sol que se fez sentir, nada como uma caminhada por Viana para tirar umas boas fotos!

20180221_193058-COLLAGE.jpg

 

 

No fim de semana... 

 

Sábado, 24 de fevereiro.

Jantar de Aniversário da Associação.

 

Um bom ambiente, um bom jantar. Com o gang reunido. Os 5 juntos. 

Divertimos-nos, conversamos, tiramos fotos. Rimos muito.

Saímos do restaurante por volta das 02h, com rumo à caminha... Não pode ser sempre discoteca...

IMG_20180227_212602.jpg

 

 

No Domingo, 25 de fevereiro.

Uma nova EXPERIÊNCIA!

IMG_20180225_205720.jpg

(todas as fotos da minha autoria) 

 

SUSHI!

Já posso dizer que experimentei, mas não fiquei grande fã... Talvez numa próxima! 

 

 

A Desconhecida

23
Fev18

Do Carnaval.

Recordei aqui como foi no ano passado... 

 

Este ano, foi bom. Mas não bateu o outro.

Este ano ficamos na terrinha. Organizamos uma festa na associação, aquela que eu fazia parte.

Ajudei-os a organizar, (porque eu sou uma querida).

 

A tarde de segunda-feira foi para preparar tudo. As decorações. O bar. 

20180220_193337-COLLAGE.jpg

A noite chegou. Disfarçamos-nos.

Amigos e família, incluindo alguns dos meus miúdos!

Comida e bebida não falhou. Até caldo verde houve.

E vodka preta também!

 

Houve Zumba. Desfile. Sorrisos. Boa disposição!

Meia noite e estava tudo praticamente acabado.Os cotas da festa, foram embora.

Ficou a juventude. Comemos e bebemos, sem pagar!!! (Esta foi a melhor parte, claro.) 

Ficamos até as 03h00. Dançamos mais, falamos, rimos, tiramos fotos...

 

Os copos, foram poucos, vês MJ, portei-me bem!

Apenas bebi um ou dois copos de vodka preta com sumo de maçã, como diria a minha prima "não bateu".

E, agora, o meu disfarce...

 

Digam lá, o que sou eu?!

IMG_20180213_034806.jpg

(fotos da minha autoria)

 

A Desconhecida

21
Fev18

Perfil de uma mãe!

IMG_20180122_143638.jpg(foto da minha autoria)

 

Ao ler este post da Gorduchita, decidi partilhar com vocês esta imagem... 

Uma mãe é tudo!

 

A Desconhecida

19
Fev18

Às vezes canso...

Canso de ser sempre eu. A mandar mensagens a perguntar se está tudo bem. A tentar organizar encontros. A convida-los para o grande acampamento dos primos. A tentar que todos consigam estar presentes. À espera que me respondam, e quando respondem parece que me estão a fazer um grande favor, "vou tentar arranjar um tempo"... Outras vezes nem sequer respondem... Cansa... E quando eu não digo nada, sabem o que eles fazem?! Nada, absolutamente nada... Esquecem-me...

 

Canso-me de ano após ano, dar os parabéns aos meu primos, e quando chega o meu aniversário, passa-lhes ao lado... Não, eu não tenho uma grande memória onde consigo decorar todos os aniversários, nem sequer tenho um facebook que me relembra, mas ainda existem calendários, e boa vontade... Ainda existe amor pelos meus... Cansa e magoa, sabem?! Magoa-me que o meu primo dê os parabéns à prima que tem facebook, mas quando chega a minha vez, "ei fizeste anos, esqueci-me..." E eu brinco, "pois, tu és um falsinho..." Eu brinco, mas magoa...

 

E querem saber, este ano, aposto que lhes dou outra vez os parabéns. Porque eu não consigo... Não consigo ignorar... E eles lá respondem. "Obrigada priminha." E eu deixo andar assim, ao sabor do vento...

 

E às vezes entristece-me... Pensar naquilo que já fomos. No quanto os primos mais velhos unidos já foram. Agora cada um tenta seguir o seu caminho... A prima mais velha está emigrada. Os primos a seguir estão já a trabalhar ou na universidade... Uns começam a namorar. E não têm tempo.... Entristece-me pensar que quando formos mesmo adultos já não vamos ter uma relação como a que tínhamos em crianças... Já não a temos... Já não há tempo... Nem paciência... Já não querem participar em acampamentos, ou atividades, ou outra celebração qualquer, porque não podem desperdiçar um dia... Umas horas... Uns minutos...

 

Normalmente, fico eu e a Sara. Eu e a Sara com os pequenos. E brincamos com eles. Recordamos aquilo que já fomos, e já não seremos mais... Mas eu serei, serei sempre uma eterna criança. E sempre que eles quiserem brincar, eu vou estar aqui. Independentemente dos outros... Eu vou estar aqui. Porque para mim, o que importa é a família. Para mim, a família está sempre em primeiro lugar.

 

A Desconhecida

15
Fev18

Quando ela faz o impossível...

A Inês queria fazer um desenho. Dei-lhe uma folha branca e LÁPIS DE COR...

Tirei-lhe a vista de cima por uns segundos, quando olhei estava assim...

 

IMG_20180211_221801.jpg

(foto da minha autoria)

 

Conseguiu o impossível. Pintar-se com LÁPIS DE COR...

 

- OH Inês, o que fizeste à cara? Estás toda pintada, até tens tinta cor de rosa nos dentes, mas como é que conseguiste?!?! 

- Eu não fiz nada...

(Reparo que o lápis está molhado)

- Vá, diz à prima, eu não me chateio... Colocaste o lápis na boca e pintas-te, não foi?!

- Sim...

 

E eu a pensar que os lápis de cor eram inofensivos...

A Desconhecida

 

14
Fev18

Da família materna...

Eu adoro a minha família. Adoro a minha família materna. Uma família grande e louca.

 

Os avós são os grandes fundadores de tudo. Construíram uma casa. Com muito amor, criaram 8 filhos. 4 raparigas. 4 rapazes. Os filhos casaram, e então, juntaram-se mais 8 pessoas à família.

 

Começaram a nascer crianças. Cada um dos meus tios teve um casalinho, um menino e uma menina. Apenas eu e a minha prima Sara somos filhas únicas. Somos 14 netos ao todo.

 

Eu adoro esta família. Esta família grande e louca. Quando nos juntamos todos, somos 32, ou mais.

 

Mas para manter esta família grande e louca unida, não é fácil. Dá trabalho. Muito trabalho. Bem sei, sem trabalho não há nada... Mas sei também que se todos ajudarem e colaborarem é mais fácil... Onde todos ajudam, nada custa... E sei que ninguém é perfeito. Sei que cada um tem a sua vida. A sua própria família. Sei que nem sempre há disponibilidade. Sei disso tudo. Sei todas as desculpas... Sei que não há tempo. Ou será, boa vontade?!

 

Boa vontade de fazer.

 

É porque aqui, nesta família, calha sempre aos mesmos. E, normalmente, é a minha mãe, e mais umas tias... Porque os meus avós já não caminham para novos, e pronto, são elas a organizar... Sei que são sempre elas, ou ela. A minha mãe.

 

Sempre que há um aniversário, ou festa, a minha mãe liga a 7 irmãos. E eles lá veem. Vêm todos, porque a comida é dada pelos meus avós. Feita pela minha mãe e tias. E eles só têm que sentar e comer... E por vezes ainda se houve uma reclamação da comida... Que tristes... E é um ciclo vicioso... Sempre assim, em todos aniversários dos meus avós, em todas as festas e ajuntamentos... Durante muitos anos foi assim. Até que cansa...

 

Até que a minha mãe diz, "cada um traz a sua comida e fazemos um piquenique". Começam a chegar as desculpas então... Desculpa do tempo, do trabalho, da escola... Mas a verdade é que, tudo é tão melhor quando a papinha está toda  feita... Começamos a ser menos à mesa...

 

E é "engraçado" de ver depois... Ninguém quer saber, se não for a minha mãe, ou uma das minhas tias, ninguém quer saber... Ninguém se lembra de nada. Ninguém se lembra de datas importantes, nem de aniversários... Ninguém se importa. Ninguém liga aos meus avós, não há chamadas, nem visitas. Ou se há, é de longe a  longe...

 

Eu sempre gostei, e gosto muito destes ajuntamentos. Mas não gosto de injustiças. Gosto de nos ver juntos, todos a dar-nos bem, a rir até não poder mais, e a ter inúmeras histórias para contar... Só que tudo dá trabalho, e se só um ou dois é que se interessam, no meio de tantos, não resulta...

 

A Desconhecida

 

Pág. 1/2