Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1SimplesDesconhecido

11
Set18

A caminho do 2º ano de universidade

 

Parece que foi ontem que dei os primeiros passos para ingressar no ensino superior... 

 

Ainda ontem era caloira, tudo era novidade... A matrícula, as questões, as primeiras semanas... Passou tudo num instante.

 

Rapidamente se passou um ano letivo, cheio de coisas boas, um ano letivo passado entre Braga e Viana. Fizeram-se amizades, houve mudanças drásticas nos meus horários ahahaha, houve momentos sentimentais. Falei da primeira frequência. Das notas. Das frustrações das pessoas que copiam... De esforços recompensados.

 

Foi um 1º ano muito bom, sem dúvida. O Curso de Educação Básica, está, até agora a corresponder às expectativas, tive unidades curriculares bastante boas e interessantes, também houve aquelas em que uma pessoa pensa, "para que serve isto, afinal?!", mas pronto... As boas superaram as menos boas.

 

Tive Artes e Música, foi tão giro, adorei os trabalhos manuais. História e Geografia, foram duas unidades desafiantes e interessantes. Introdução à Prática Profissional, foi à base de relatórios, e um mini estágio onde me pude deliciar com os bebés. Psicologia, também gostei bastante, sempre tive um fascínio por psicologia. Português, foi tranquilo. Matemática e Ciências, foram, sem dúvida as duas unidades onde tive que me empenhar a sério. Estudos Sociais, foi tranquilo também. Investigação em Educação, foi nesta em que eu pensei, "para que serve isto, afinal?!".

 

Em relação a notas, foram razoavelmente boas, não deixei nenhuma unidade curricular atrasada, nem tive que ir a nenhum recurso, por isso, sinto o dever cumprido. Neste momento, tenho uma média de 14 valores... Os professores foram bastante atenciosos e simpáticos, alguns deles foram um verdadeiro riso, a universidade é uma calmaria, as pessoas são simpáticas, a cidade é linda... 

 

Consegui ir e vir todos os dias, fazer viagens de 1h30 entre Braga e Viana. Consegui organizar-me, estudar, ter tempo para mim, para a família e amigos. Tudo é possível. Muita gente duvidou, "O quê?! Tu vais fazer isso todos os dias?! A que horas acordas?!". Maior parte das vezes acordava às 06h00 da manhã para apanhar a camioneta, e ia. Chegava a casa por volta das 15h00, 18h00, ou às 19h30, dependia do horário. Chegava e fazia o que tinha a fazer, trabalhos da universidade, trabalhos em casa, dar uma caminhada, estar com a família e amigos. Aqui nos blogs, desapareci um bocadinho, mas nunca por completo. E consegui, houve dias em que me custou um pouco mais, claro que sim, então naqueles dias de Inverno com graus negativos, ui, ui... Mas quem corre por gosto, não cansa. Foi aquilo que eu escolhi, e ainda bem que o fiz. Foi um primeiro ano muito bom, com boas experiências, com boas companhias, com boas amizades.

 

Para este 2º ano, espero, sinceramente, que seja tão bom como o primeiro... Porque apesar de algumas adversidades, não me canso de dizer, foi um ótimo primeiro ano. 

 

A Desconhecida

60 comentários

Comentar post

Pág. 1/3